sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Dez Mil

Não é um hobby dividido,
é uma vida mono-somática.
Na medida certa, está partida,
um estudo feito na pratica.

Desde que ao fechar os olhos me veja,
não importa sobre o temporal oportuno.
Somos o "tudo" que almeja,
o sombreado taciturno.

Com a ânsia do saber,
podes então a todos mostrar.
Usa o teu brilho de viver,
permita-se um pouco de tempo pra sonhar.

Contrário ao relógio,
é  anacrônico.
Ah! Doce privilégio,
o mundo é desarmônico.

Saiba que o que tem aqui é teu,
o pingo da chuva no deserto.
O que eu quero chamar de meu,
apenas o teu abraço certo.

Vem aqui pra perto.


0 Confessaram:

Postar um comentário