sábado, 8 de fevereiro de 2014

Tártaro

Quero que alguma entidade me leve. Não importa qual.
Sinto que minha hora chegou. É diferente do que eu achava.
Não há dor, nem lágrimas.
Só escuro e silencio.
Alguém sabe oque é?
Tons de pânico rolam, mas não afetam a obra inteira.
Não quero mais criticar nada. Minhas opiniões estão obsoletas.
Os dados ficaram presos nos dedos desse velho jogador. Ele (se) perdeu.
Ninguém pode fazer nada?
Carisma, volte três casas.
Recebi uma carta em branco e ainda não tive coragem de ler.
Sou apenas uma pessoa como as outras.
Não quero travar uma guerra com borboletas e buracos negros.
O bater dessas asas me cegam e eu queria tanto poder enxergar...

1 Confessaram:

Tamiris Mend. disse...

Lembre-se de se machucar mais vezes.
A melancolia te faz bem.
Confesso, te invejo.

Postar um comentário