sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Anna, Aquela Que Nunca Existiu

A mensagem na tela do celular dizia "mais um dia, por você". Anna não entendia por que aquele garoto estranho depositava nela tanto amor. Nem sabiam ao certo quem eram. E mesmo assim, nutriam um pelo outro um fascínio esmagador.
Pensou em Jacob. Ficou imaginando ele, largado em sue apartamento. Imaginou o que ele poderia estar fazendo e logo, teve a sensação de que algo estava passando.
Ela havia tentado ligar pra ele muitas vezes, mas ele não atendia nunca.
Nessas noites que se passaram após o encontro do dois, Jacob tinha se mostrado um um perfeito cavalheiro. Anna sorria. Como um rockstar sinistro podia ser tão legal? A verdade era que ela queria vê-lo a todo momento.
O dia todo, calcificou a hora de poder ir até ele. Colocou sua melhor roupa, fez muitos planos.
Ligou pras amigas, que não deram a minima. Tentou falar com a mãe e com os irmão, sem sucesso.
Poderia tudo explodir, Anna só queria saber de Jacob.
Ela se aprontara num instante, dado a chegada da noite. Foi verificar no espelho, pra saber o quão linda estava.
Foi no espelho que entrou em imensa perplexidade. Ela não se via. Era outra pessoa que habitava o outro lado. Um garoto pálido e triste, com uma guitarra jogada no colo. Lágrimas escorregavam por entre seus olhos enquanto ele fumava compulsivamente um cigarro. Era Jacob que estava ali. A visão a atordoou. Oque seria aquilo? Que tipo de explicação poderia se caber a esse ato?
Jacob pegou o celular, e digitou uma mensagem. Anna se esgueirou na frente do espelho para ler, e ficou absorta com seu conteúdo.
"Mais um dia, por você".

0 Confessaram:

Postar um comentário