segunda-feira, 6 de agosto de 2012

In Pain

Força irrelevante e doença mortal.
Rasguei todos as minhas veias, mas agora, não posso consertar nenhuma.
Analgésicos não fazem efeito algum.
Nenhum sorriso me cura.
Implanto na mente memórias agradecidas várias vezes.
Tento ouvir o que eu sempre quis.
Balbucio bem devagar o nome.
Esta tudo escuro. Cegueira permanente.
Enquanto deixo escorrer a vida, finalmente posso ouvir.
"Obrigado".

1 Confessaram:

TaTa disse...

Eu queria não saber.
Talvez nem imaginar.
De todo modo, "perdão" seria mais apropriado.

Postar um comentário