sábado, 31 de março de 2012

Coisas Pequenas (Frágeis)

Corro junto com os quatro, mas não luto por eles.
O mundo já está errado demais e não precisa de mim pra piorá-lo.
O cansaço que predomina sobre nós, não é nossa culpa.
Não sou tudo que você imaginava, mas acredite, me esforço.
Meu amor foi pego naquela noite regada a álcool.
Eu acredito nele mais do que qualquer um acreditaria.
Não sinto meu rosto em chamas quando penso o contrário.
Minhas pernas não correriam pra outro lado.
Flores que saboreiam de encantos, exalam tantas coisas.
As reações de ambos, sofrem mudanças.
Me tens como queres, e isso me assusta.
Não me quebre, é tudo que te peço.
Divida comigo, seja lá o que for.
Te amo com tanta intensidade, que chega a doer.
Que a inveja do mundo, não caia sobre nós.
Que nós não deixemos isso acontecer.

1 Confessaram:

TaTa disse...

Amém.

Postar um comentário