sábado, 21 de janeiro de 2012

Mundo Escuro

Vazio e escuro contidos num desejo noturno.
As paredes se estreitam e deixam-se afundar.
Abismo profundo, irrelevante.
Alma sugada com força, rastreado com exatidão.
No escuro, todos são iguais.
Medos despojando de dor alheia. Ou própria.
Falta de pensamentos concretos, levam a perfeição.
É só um risco vermelho no pulso, inofensivo.
Priva a safira ínfima que está dentro de si mesmo.
Afinal, somos todos imortais. 
Desse jeito, sabemos que sempre vamos viver.
A escuridão sempre acontece.

3 Confessaram:

enD disse...

Sinto-me assim.

Jaci Rocha disse...

De uma intensidade!

"é só um risco vermelho no pulso..."

Belíssimo!!!

Contradita disse...

A escuridão sempre vai existir, não pela noite, mas por causa dos cantinhos escuros que possuímos na alma.

Aqueles quartos cheios de pensamentos, lembranças e mágoas que de vez em quando saem para nos caçar, corujas noturnas que são.

=)

Postar um comentário