quinta-feira, 19 de maio de 2011

Supernova


A cada coração quebrado, uma nova Alma nasce.
Ela canta sinuosamente pela alvorada até o momento de entrar para seu novo lar.
Todos os ventos são opostos quando se vai contra a maré.
O Sol chora. A Lua sorri.
Uma conversa íntima, não quer dizer que se tenha intimidade.
Qualquer oração te salva, quando se tem fé.
O momento oportuno nunca é esperado, e sim, feito.
Cala-te docemente, até o dia em que morrer.
Partir sem vestígios, esperando uma nova vida.
Essa explosão ressalta o que pode se tornar. O que é.
Apenas um vulto encobrindo o grande Azul visto de cima.

2 Confessaram:

Swallowed Words. disse...

Tu escreves leve e puro. Como se cada detalhe, cada nova frase seja por causa de uma história inteira.
Nhá, adorei.

C. disse...

Cada palavra dos teus textos parecem entrar dentro da minha mente e fazer um milhão de historias surgirem... Awn.

Postar um comentário