segunda-feira, 30 de maio de 2011

Pouco Tempo Para Tanto

Te ter me basta, faz-me satisfeito.
Fechei todas as minhas portas e janelas, por que não haveria modo de expressar esse iluminado sentimento com elas abertas.
Seu sorriso me torna são de tal forma, que dificilmente poderia ser comparado a qualquer coisa.
Quando estou perdido em mim mesmo, é você que me salva, sem se importar com a minha sujeira.
Poderia continuar sem tudo o que possuo, sabendo que tudo isso não é meu de verdade, mas não sem você.
Seria como viver tendo apenas o sol e se esquecendo da lua. Como uma tatuagem incompleta, sem pretensão de terminar.
Nossos céus são colididos todos os dias, renascendo com um simples toque, ou com um olhar.
Apenas agradeço por quatro estações passadas juntos, aproveitando cada pétala que caía das arvores, ou cada flor desabrochando lentamente.
Almas separadas todas as vidas, somente para ter o prazer de se encontrarem novamente.
Por você sim, eu dançaria tango no teto.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Supernova


A cada coração quebrado, uma nova Alma nasce.
Ela canta sinuosamente pela alvorada até o momento de entrar para seu novo lar.
Todos os ventos são opostos quando se vai contra a maré.
O Sol chora. A Lua sorri.
Uma conversa íntima, não quer dizer que se tenha intimidade.
Qualquer oração te salva, quando se tem fé.
O momento oportuno nunca é esperado, e sim, feito.
Cala-te docemente, até o dia em que morrer.
Partir sem vestígios, esperando uma nova vida.
Essa explosão ressalta o que pode se tornar. O que é.
Apenas um vulto encobrindo o grande Azul visto de cima.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Domínios


O domínio sobre o Fogo só vai até onde o Gelo permite.
Esperto como é, o Gelo sabe que é somente até o vento que pode ir. 
Cada sopro do Vento se interrompe ao chegar à Terra.
Quanto mais rasga o rosto, mais eleva sua vontade.
Nenhuma estrada é longa o bastante a ponto de não valer à pena.
Algo como pétalas invisíveis de flores que ainda não nasceram, assim, não podem morrer.
Rezo e rogo, por você e por mim também.
Nenhum dos sete pode ser tão forte quanto à gente, podemos despachá-los rapidinho.
Aproveitamos o melhor de cada um, sabendo que tudo tem o seu lado bom.
Nem anjos, nem demônios. Coisas simples, frágeis.
A cada novo amanhecer a certeza de que te quero mais, de que sem você, nada tem graça.