terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Gritos Internos


Quando sentir o regojiso, será tarde.
Como sempre, atrasado. Sempre tem alguém que se acha superior.
A maioria desiste no caminho, existem maneiras mais fáceis. 
Sempre por perto quando não precisamos deles.
Malditos hipócritas, sempre tirando vantagem quando podem.
Humilhações que podem ser sentidas na pele, como navalha no pulso.
Virar as costas não adianta mais. Abaixar a cabeça quando todos riem.
Às vezes é bom lutar fogo contra fogo. Arder pra ver quem queima primeiro.
Cuidado, pode se tornar o que mais odeia. 
Doe muito mais quando você se segura.
Meus pensmentos me confundem. Só eu os escuto.
Certas coisas não devem ser guardadas.
Há certas divergências que dividimos com poucos.
O tempo não é caridoso com quem quer que ele passe logo.
A luta diária pela sobrevivência ainda existe, ou você acha que é só na ficção?
As vozes na minha cabeça tentam me controlar.
Já faz tempo que esse mundo está aqui. Muito tempo.
No fundo, aguardamos a hora de partir, todos nós. 
Que a terra que nos guarda, seja sempre bem-vinda.

3 Confessaram:

| TaTa | disse...

#3
As vezes perdemos a sensibilidade de escolher as palavras, mas somos recompensados pelo borbulhamento de idéias. Amo você, daqui até aqui.

Andréia Magalhães disse...

"Doe muito mais quando você se segura."

e como..

AMEI seu blog. até!

Velha da Lua disse...

Hipócrita é, quem diz não ser.

Postar um comentário